sábado, 22 de setembro de 2007

Grêmio bate o Santos e entra no G-4


O Grêmio venceu o Santos por 1 a 0, neste sábado, no Olímpico e atingiu o seu objetivo de chegar ao G-4, grupo dos clubes que vão disputar a Libertadores do ano que vem. Com a vitória, o Tricolor deixou o Peixe para trás, já que apenas um ponto separava as duas equipes na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Marcel, de falta, marcou o gol do triunfo dos gaúchos.

Com o resultado, o Grêmio chegou aos 44 pontos e passou a ocupar a terceira colocação no Brasileirão. O Santos permaneceu com 42 e caiu para a quarta posição. O time da Vila Belmiro corre o risco de sair do G-4, caso Fluminense, Palmeiras, Vasco ou Botafogo conquistem uma vitória neste domingo. Na próxima rodada, o Peixe vai enfrentar o Vasco, na Vila Belmiro. O Tricolor gaúcho pega o Juventude, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. As duas partidas serão no próximo domingo.

Santos e Grêmio fizeram um primeiro tempo igual. Os gaúchos tiveram um domínio da partida nos primeiros 25 minutos. A equipe teve três chances claras de abrir o marcador, mas os atacantes tricolores pararam na boa atuação de Fábio Costa. Aos 17, Diego Souza aproveitou cobrança de escanteio e cabececeou por cima do gol. Três minutos depois, Anderson arriscou de longe e quase abriu o marcador. Aos 26, Fábio Costa fez duas defesas, salvando o Peixe.

A partir das defesas de Fábio Costa, o Santos acordou na partida. O time da Vila Belmiro subiu de produção e também perdeu boas chances de deixar o gramado com uma vantagem no placar. Aos 26, Rodrigo Souto arriscou de fora da área e a bola passou raspando o gol de Saja. Quatro minutos, Renatinho recebeu na marca do pênalti e furou, perdendo uma ótima chance. Enquanto a equipe de Luxemburgo tentava chegar com a bola no pé, o Tricolor abusava dos chuveirinhos.

As duas equipes voltaram com a mesma disposição para o segundo tempo. Marcel, aos dois minutos, quase marca ao tentar dar um peixinho. Um minuto depois, Kléber arriscou de fora da área e Saja fez uma bela defesa. Até que aos 10, o mesmo Marcel, que havia perdido uma ótima chance no início da etapa final, cobrou falta e abriu o marcador. O goleiro Fábio Costa falhou no lance ao pular atrasado.

O Santos acordou e Petkovic, em jogada individual, quase empatou a partida. O Gringo driblou dois adversários e chutou na rede pelo lado de fora. Com o passar do tempo, o Grêmio recuou e o Peixe partiu para o ataque em busca do empate. O técnico Vanderlei Luxemburgo queimou as três substituições em seis minutos. A equipe paulista bem que tentou e teve duas chances claras de empatar. Aos 28, Rodrigo Tabata cobrou falta e Saja defendeu. Quatro minutos depois, Pedrinho chutou a e bola passou perto do gol tricolor.

Mesmo com o Peixe pressionando, o Grêmio soube segurar o marcador para roubar a posição do rival na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Os mais de 22 mil torcedores que estiveram no Olímpico deixaram o local mais do que satisfeitos.

Nenhum comentário: